Lançamentos de Outubro/19 da Editora Planeta

O que eu aprendi com o silêncio - Monja, jornalista, pensadora. Por trás da figura serena e sempre alegre, existe uma das maiores personalidades brasileiras da atualidade. Suas convicções são precisas e duradouras, mesmo que transmitidas de maneira doce e leve. Seus ensinamentos têm formado uma geração livre de preconceitos religiosos e focada na evolução do eu interior, na liberdade dos pensamentos, no controle do ego e principalmente na possibilidade de ser zen em um mundo caótico. Aqui, Coen Roshi conta sua história com um olhar inusitado. Às vezes emotivo, em outros momentos sarcástico, mas sempre com a capacidade de fazer de um instante o infinito e do infinito um instante. Descubra por que o silêncio foi tão importante em meio a tantas histórias barulhentas e dissonantes. Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/3424gEA


Por que lutamos? Um livro sobre amor e liberdade - Um livro sobre feminismo. Através do olhar amoroso, da acolhida generosa, do entendimento de que este é um assunto de todas, todos, todxs nós. Não pretende ser uma bíblia do feminismo, mas sim, uma conversa, um abraço, um ponto de apoio, um boas-vindas pra quem acaba de chegar, um “que bom que você está aqui” pra quem já anda cansada de lutar. Escrito em tom de conversa, traz referências, sugere reflexões, desfaz o medo. Sin perder la ternura. Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/345k0Xy

Jamais peço desculpas por me derramar - O novo livro de poesia da autora de Tudo nela brilha e queima Segundo livro de Ryane Leão, mulher preta, poeta e professora, criadora da página onde jazz meu coração, com mais de 600 mil seguidores nas redes sociais. Seu primeiro livro, Tudo nela brilha e queima, já vendeu mais de 40 mil exemplares. “mesmo na correria, eu sigo em busca das sutilezas. não posso deixar as distrações passarem batidas. o peso do mundo não vai tomar conta de minha pele se eu me atentar às brechas, às margens. anteontem eu vi o mar. recebi abraços apertados que me agradeceram pelos poemas que escrevo com o coração na ponta dos dedos. hoje de manhã as folhas das árvores balançaram com o vento e o barulho foi tão bonito. daqui a pouco começo a cozinhar porque vou receber em casa as pessoas que amo. quero saber de cor o que me traz paz, embora não sejam permanentes as belezas. o caos também não é. e eu estou mudando a cada minuto, então tudo bem. há algo que resiste por entre os escudos, que me relembra que existe uma coisa essencial em ser uma mulher que se reconstrói diariamente: eu sou profunda demais pra acabar.” – RYANE LEÃO. Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/31QuiJk


Elis e eu - Você lembra da sua Mãe?”. Escuto essa pergunta há muitos anos. E quase sempre em situações corridas do dia a dia, sem muito espaço pra responder. Então resolvi escrever tudo ao alcance da minha memória e compartilhar como se cada leitor ou leitora fosse um amigo ou amiga com quem tenho intimidade e tempo. Não houve pesquisa externa, consultas biográficas ou conversas; apenas minhas lembranças. Dos primeiros anos há imagens, passagens, sensações. Com meu crescimento, vêm curtas-metragens mentais, diálogos mais longos. Elis Regina é a parte pública da minha Mãe, uma de suas faces. Embora suas entrevistas e canções iluminem muitas coisas, o olhar de uma criança, de um filho, durante 11 anos, 6 meses e 2 dias podem revelar outros contornos da mulher que me deu a vida, da mulher que é o amor da minha vida. E o amor, que aprendi com Ela, é a única força realmente transformadora. Amo ser filho da minha Mãe. Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2BMdmcA

Tudo o que você precisou desaprender para virar um idiota - Sabia que enquanto você lê este texto comunistas eurasianos tentam dominar o mundo com a ajuda de organizações metacapitalistas secretas e sacerdotes da Religião Biônica Mundial, criada para exterminar a moral judaico-cristã da face da Terra, que é plana? Não, essa não é a sinopse do próximo filme do James Bond. É uma doutrina tida como filosofia por personalidades importantes da política e da cultura brasileiras. Antes marginalizada, essa ideologia começou a pautar posicionamentos e ações do governo, além de dominar as conversas em jantares de família. Neste livro, você desvendará as 24 principais teorias conspiratórias que estão tomando conta do debate público e de discussões privadas para ajudá-lo a entender a profundidade do buraco civilizatório em que o Brasil se enfiou. Com a mesma clareza e didática dos seus mais de 300 vídeos, que conquistaram mais de 580 mil seguidores no YouTube, o Meteoro Brasil explica a ficção e a realidade por trás de kit gay, marxismo cultural, gramscismo, Lei Rouanet, mudança climática, Paulo Freire, globalismo, vacinas e muito mais! Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/369YEKs

No rastro da notícia - Neste livro, Roberto Cabrini como conta conseguiu fazer várias reportagens, dá o passo-a-passo de cada investigação, entre elas achar o P. C. Farias (na época, escondido em Londres) e descobrir o que deu errado no voo 254. Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2phGjdB

Os herdeiros das sete pedras - Nick era só um garoto comum, desses que curtem quadrinhos e super-heróis, cheio das “referências”. Depois que seus pais decidiram rodar o mundo – em viagens que parecem intermináveis e são sempre recheadas de mistério –, Nick passa a viver com seu avô, Américo, um senhor brincalhão que ama o neto acima de tudo. A melhor amiga e parceira inseparável de Nick é Irina, garota inteligente que parece sempre saber o que fazer. Quando, um dia, os dois chegam ao sobrado do avô de Nick, percebem que algo terrível aconteceu: Américo foi sequestrado. Mas quem teria interesse em sequestrar o pacato senhor? E o que dois adolescentes como Nick e Irina podem fazer para resgatá-lo? Nas respostas a essas perguntas está uma aventura emocionante, repleta de intrigas, segredos do passado, superpoderes ancestrais e referências à cultura pop. Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2pSvmPS



Mulherzinhas - Há pouco mais de 150 anos, a escritora Louisa May Alcott recebeu a tarefa de escrever um relato voltado para jovens leitoras. Não precisou ir muito longe em busca de inspiração: sua família e esse mundo próprio da Nova Inglaterra em tempos de Guerra de Secessão lhe serviram. Nem de longe ela imaginava o impacto que esse livro, Little Women, seu título original, acabaria causando. Traduções para mais de cinquenta idiomas, vários filmes, quase uma dúzia de adaptações para televisão, peças de teatro e musicais da Broadway, uma ópera, muitos trabalhos acadêmicos e um número incontável de reimpressões em todos os formatos possíveis. E a conta só aumenta. As edições comemorativas se multiplicaram por todo o mundo para celebrar esse aniversário significativo. Há pouco tempo, a prestigiosa BBC estreou uma nova minissérie e está prestes a chegar às telas outra grande versão cinematográfica protagonizada por Meryl Streep, Emma Watson e Laura Dern. Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2PlIsQd


Nova York 2140 - A mais terrível previsão de cientistas de todo o mundo se concretiza: o aquecimento global eleva o nível dos oceanos, submergindo a cidade de Nova York. Os habitantes da metrópole, no entanto, conseguem se adaptar, e a Grande Maçã segue tão viva e fervilhante como sempre, ainda que de formas inteiramente distintas das de antes. Cada rua é agora um canal; cada arranha-céu, uma ilha. Por meio dos olhos – e dos destinos – de diversos moradores de um prédio da antiga Madison Square, Kim Stanley Robinson nos mostra como uma das maiores cidades do mundo se transformaria após uma catástrofe climática dessa magnitude, no limite entre a utopia e a distopia. Não seria apenas a cidade a mudar: a humanidade jamais seria a mesma. Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2olYLBB


Liberdade financeira - A frase que eu escolhi como meu lema não é apenas um artifício para criar uma identidade profissional, e sim uma crença pessoal. E, ao contrário do que algumas pessoas (em uma avaliação superficial) podem concluir, o valor que realmente me norteia não é o dinheiro, e sim a liberdade. A liberdade, assim como a nossa situação financeira, é, em grande parte, um resultado das escolhas que fazemos, das decisões que tomamos e da forma como enxergamos o mundo (procurando ver as coisas como elas realmente são, e não como achamos que deveriam ser). Nós não escolhemos as circunstâncias em que nascemos, mas, uma vez que chegamos a este mundo, tudo o que acontece “dali em diante” é resultado das nossas escolhas e das nossas decisões. A forma como usamos os nossos recursos (todos os recursos – não só o dinheiro) define o nosso caminho e o nosso destino. Nossa liberdade pessoal depende das boas decisões e do bom uso dos nossos recursos e, por isso, resolvi me dedicar ao estudo do assunto. Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2MMYf8Y


A praça do diamante - Na Barcelona da década de 1930, Colometa, jovem balconista de uma loja de doces, leva uma vida banal ao lado do pai. Durante um baile na praça do Diamante, Colometa conhece Quimet, um jovem impetuoso que se tornará seu marido. Com ele, tem dois filhos e passa a criar pombos. A Guerra Civil toma de assalto a cidade, e aos poucos o universo de Colometa se desintegra. O marido parte para a luta, a comida acaba e os pombos representam um jugo insuportável. Num monólogo de profunda densidade psicológica, Mercè Rodoreda contrapõe o sofrimento pessoal de Colometa à dor coletiva de uma Espanha assolada pela Guerra Civil, exausta e faminta. A suposta ingenuidade da protagonista, sempre à mercê dos acontecimentos e das pessoas ao seu redor, aparece nas entrelinhas de A praça do Diamante, por meio de uma linguagem envolvente, utilizada às vezes em sentido ambíguo, com uma discreta ironia, além de toques de crueldade, agressividade e grande lirismo. Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2NeCzBB


O fator Churchill - Johnson escreveu um maravilhoso livro sobre um homem realmente excepcional. Seus defeitos eram muitos e veniais, mas sua inteligência, grandeza e perseverança eram infinitas e capitais. Churchill foi, antes de tudo, um exemplar de honra à humanidade. – ANTÔNIO DELFIM NETTO. Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/31JvUEQ


Casa das estrelas - Ao longo dos anos, Javier Naranjo, professor e poeta colombiano, coletou defi nições que seus alunos do curso primário davam a palavras, objetos, ideias, pessoas, lugares e sentimentos. Os pequenos verbetes, reunidos no grande sucesso Casa das estrelas, oscilam entre o poético, o lúdico, o melancólico e o revelador. poesia > É como estar cantando. amor > É quando batem em você e dói muito. guerra > Gente que se mata por um pedaço de terra ou de paz. adulto > Pessoa que, em toda coisa que fala, vem primeiro ela. eternidade > É esperar uma pessoa. tristeza >Tempo. tempo > É um relógio que move e move uma mão até que se cansa. Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2Jqhovj

Um comentário

  1. Carol!
    A Planeta sempre traz diversidade e amo, se pudesse leria todos, mas no momento o que mais me interessa é o da Monja Coen.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.