Resenha: As lágrimas em seus olhos - Duologia Feitos de Dor e Lembranças # 1 - Diana Scarpine

 
Sinopse - Paulina é uma mulher sem grandes perspectivas, mas deseja mudar sua vida. Por ser albina e possuir sequelas de poliomielite, sua família prefere deixá-la em casa, longe não apenas do sol, mas também de pessoas que podem discriminá-la por sua deficiência. Quando é aprovada no vestibular de um curso noturno de Letras, ela convence seus pais de que continuar os estudos não apenas a tornará mais culta, como também a ajudará a ocupar seu tempo, mas promete a eles que deixará o curso se for vítima de bullying. Filho da empregada da casa dos pais de Paulina e seu colega na graduação em Letras, Sabino é um homem pobre, muito bonito e com fama de garanhão, que parece se interessar por ela. Atraída pela beleza de Sabino, Paulina se questiona se ele está realmente interessado nela ou apenas procurando uma forma de ridicularizá-la, embora se encante cada vez mais com as atitudes e a inteligência do rapaz. Será que duas pessoas de realidades tão diferentes podem se interessar genuinamente uma pela outra? Será que os pais de Paulina considerarão a aproximação de Sabino como uma possibilidade de felicidade para a filha ou como uma ameaça? Proteger demais também é uma forma de discriminar?


"As lágrimas em seus olhos" é uma história emocionante que tem como protagonistas Paulina e Sabino, dois jovens que saem do "comum" e sofrem preconceito diariamente por conta disso.
A história se passa em Jequié (cidade natal da autora Diana Scarpine), na Bahia e traz como pano de fundo descrições locais belas e encantadoras.

Conforme a sinopse explica, Paulina é uma mulher albina que carrega sequelas da poliomielite, o que dificulta a sua locomoção. Sua família é de classe média alta. Seus pais são donos de uma padaria no bairro de Mandacaru, e preferem manter a filha prisioneira em casa sob o pretexto de protegê-la do mundo a deixá-la ter a sua independência. Por conta disso, a protagonista é muito ingênua e sem malícia. Porém, está determinada a cursar a faculdade de Letras e trilhar seu próprio caminho. 
"Mas ela era uma mulher adulta, cujo charme e beleza não eram afetados pelas muletas nas quais ela se apoiava para manter-se de pé e caminhar."
Porém, com a falta de suporte de toda a sua família (sua irmã acha que ela tem uma "vida boa" já que tudo é dado em suas mãos), Paulina navegará sozinha os primeiros passos da vida que escolheu para si.
Sabino é um rapaz simples, educado e gentil. Sua mãe, dona Suelândia, é a empregada doméstica dos pais de Paulina e mãe e filho vivem uma vida de sacrifícios e percalços. Sabino também sofre com seus próprios traumas do passado, mas no momento em que vê Paulina, sabe que encontrou uma pessoa especial.

O enredo é muito bem desenvolvido e traz uma história com muita complexidade, que fala de diversos tipos de preconceitos. A forma como a família da protagonista age é revoltante. A impressão que passa durante a leitura é que seu objetivo não é proteger Paulina e sim escondê-la por vergonha.
A edição física está linda. O interior é cheio de detalhes que enriquecem ainda mais o seu conteúdo e a capa combina perfeitamente com a história.
"Suas costas eram amplas, sua pele era tão macia, seus cabelos tão sedosos e meu corpo encaixava-se tão bem no abraço dele que me dei conta de que, mesmo sem saber, passei toda a minha vida desejando seu abraço e o carinho com que seus hábeis braços me envolviam e me faziam sentir segura."

Para comprar o livro pela Amazon, acesse.

Nenhum comentário

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.