Resenha Anne de Green Gables - L. M. Montgomery

Sinopse - Quando os irmãos Marilla e Matthew Cuthbert, de Green Gables, na Prince Edward Island, no Canadá, decidem adotar um órfão para ajudá-los nos trabalhos da fazenda, não estão preparados para o “erro” que mudará suas vidas: Anne Shirley, uma menina ruiva de 11 anos, acaba sendo enviada, por engano, pelo orfanato. Apesar do acontecimento inesperado, a natureza expansiva, sempre de bem com a vida, a curiosidade, a imaginação peculiar e a tagarelice da menina conquistam rapidamente os relutantes pais adotivos. O espírito combativo e questionador de Anne logo atrai o interesse das pessoas do lugar – e muitos problemas também. No entanto, Anne era uma espécie de Pollyanna, e sua capacidade de ver sempre o lado bonito e positivo de tudo, seu amor pela vida, pela natureza, pelos livros conquista a todos, e ela acaba sendo “adotada” também pela comunidade. Publicada pela primeira vez em 1908, esta história deliciosa, que ilustra valores fundamentais como a ética, a solidariedade, a honestidade e a importância do trabalho e da amizade, teve numerosas edições, já tendo vendido mais de 50 milhões de cópias em todo o mundo. Foi traduzida para mais de 20 idiomas e adaptada para o teatro e o cinema.


"Anne de Green Gables" é um clássico, publicado pela primeira vez há mais de 100 anos. A história gira ao redor de uma garotinha de 11 anos de idade, chamada Anne Shirley. Anne é uma órfã que vai parar por engano na fazenda dos irmãos Matthew e Marilla. Os dois estavam procurando por um rapaz órfão para auxiliar no trabalho braçal, mas acabam se deparando com uma garotinha ruiva cheia de vida, incapaz de conter seus pensamentos e que enxerga vida em tudo.

Para Matthew e Marilla, que estão acostumados com o silêncio. São pessoas simples, já com certa idade e que focam apenas no trabalho e na rotina, mas que acabam pouco a pouco se apaixonando por essa garotinha.
“Oh, Marilla, aguardar ansiosamente um acontecimento representa metade do prazer que ele pode nos dar. Podemos até não conseguir o que desejamos, mas nada pode nos tirar a satisfação de esperar ansiosamente por aquilo.”
O livro narra as aventuras dessa garotinha e sua capacidade de se meter em inúmeras confusões sem intenção. 
"Existem tantas Annes diferentes em mim… às vezes, acho que é por isso que causo tantos problemas. Se eu fosse apenas uma Anne, seria tão mais confortável; mas, por outro lado, seria muito, muito menos interessante.”
Matthew é sem dúvida uma das pessoas mais doces da história. É uma pessoa introspectiva, que gosta mais de ouvir do que falar e que tem dificuldades em expressar os seus pensamentos. A chegada de Anne causa uma transformação belíssima de se observar nele. O encantamento que ele demonstra por Anne, por suas intermináveis palavras e seu amor pela vida é um dos aspectos mais comoventes da obra.

Marilla é a pé no chão da dupla. Sua educação rígida e a falta de experiência com crianças, torna a dinâmica entre ela e Anne um pouco complicada, mas é através do amor, da paciência e da fé, que o relacionamento de ambas se transforma.

Outro aspecto interessante da obra é a comunidade como um todo. Por se tratar de um povoado pequeno, todos se conhecem e as fofocas correm rápido. Anne, com sua capacidade de se meter em confusão, torna-se o foco do local rapidamente, mas também vai conquistando um a um com seu grande coração. 

É inspirador para o leitor ler sobre a vida de Anne, seu crescimento, amadurecimento e transformação de uma jovem garotinha em uma mulher extraordinária.
"Anne era uma daquelas filhas da luz por natureza. Depois que a jovem tocava uma vida com um sorriso ou uma palavra, lançada como um raio de sol, o possuidor daquela vida enxergava o mundo belo e cheio de esperança, pelo menos naquele instante."
* Livro recebido em parceria com o Grupo Autêntica
Para comprar o livro pela Amazon, clique aqui  

Um comentário

  1. Carol!
    Livro que fala sobre gratidão e amor é sempre tão importante fazermos a leitura, pelo menos eu acho.
    Acredito que apreciar as histórias de Anne, mesmo que com sofrimento, pode trazer grande aprendizado para nossa vida. Carecemos de maios amor e gratidão!
    cheirinhos
    rudy

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.